30 de abril de 2018

Projeto fotográfico documenta histórias de crianças lutando contra o câncer

Equipe é composta por mais de 500 fotógrafos espalhados pelo mundo todo. Sensibilizados pelo câncer infantil, eles oferecem seus serviços gratuitamente a fim de ajudar nessa linda causa

Fonte: CONTI outra

O projeto The Gold Hope foi criado por empreendedores junto a um fabuloso grupo de fotógrafos que conectam suas câmeras com crianças batalhando contra o câncer.

A equipe é composta por mais de 500 fotógrafos espalhados pelo mundo todo. Sensibilizados pelo câncer infantil, eles oferecem seus serviços gratuitamente a fim de ajudar nessa linda causa.

Qualquer fotógrafo pode contribuir para o projeto, contanto que respeite quatro critérios: entregar consistentemente imagens de alta qualidade; ter presença assídua na internet; possuir um portfólio diversificado com fotos de crianças; e usar as fotos em diferentes condições de iluminação.

Todas as publicações enviadas são analisadas por um conselho em termos de qualidade. Quando uma foto é aceita, automaticamente entra para a galeria oficial do projeto.

Além das fotos, é divulgada uma pequena história de cada criança acometida pela doença, para que as pessoas possam entender melhor o contexto em que elas vivem.

Em suma, essa organização aumenta a conscientização sobre o câncer infantil, fotografando lutadores e sobreviventes da doença com menos de 21 anos de idade.

A inspiração do projeto veio de Ava, uma menina linda e sorridente de cinco anos de idade que gostava de abraçar e dar beijos. Ela foi diagnosticada com um tumor cerebral grave e terminal quando tinha apenas quatro anos. Obviamente, essa notícia foi devastadora para sua família. Enquanto foram empurrados para a quimioterapia, radiação, varreduras, intrusões e o desconforto iminente de sua criança, eles tiveram que lutar contra um fato cruel: as chances de sobrevivência da menina eram mínimas.

Durante a batalha contra o câncer, as fotos de Eva assumiram um significado poderoso: elas não eram apenas documentações de seu crescimento, mas também a imortalizavam. Pouco antes de Eva falecer, um fotógrafo colaborador ofereceu outra sessão de fotos para a família da menina. Ela usava um vestido cor de rosa adornado com glitter dourado. A partir desse último book de Eva, nasceu o The Gold Hope.

Além de oferecer informações sobre crianças e seu câncer maligno, os idealizadores do projeto objetivam arrecadar fundos para financiar novos tratamentos que sejam mais eficientes e apropriados, reforçando a frente de batalha junto aos pequenos heróis retratados.

A cada ano o The Gold Hope recebe novos fotógrafos engajados, e as arrecadações também vêm crescendo de forma exponencial, o que é um indicador real da acurácia do projeto.

Os pais e responsáveis por crianças que lutam contra o câncer podem entrar em contato com os organizadores do projeto (as informações estão no próprio site).

Um dos criadores, de nome desconhecido, disse:

“É muito bom receber um e-mail ou telefonema de uma família com lágrimas de alegria porque um dos nossos fotógrafos capturou o verdadeiro espírito de seu lutador. Nossos colaboradores são abastecidos com felicidade e esperança ao fazer uma sessão de fotos especial.”

Nem todas as crianças retratadas no projeto estão vivas hoje em dia, fato que não faz esquecer de sua bravura por ter enfrentado uma das doenças mais invasoras e destrutivas do mundo.

Todas essas fotos são muito importantes, mas é bom lembrar que quase todo mundo já sabe sobre a iminência catastrófica do câncer infantil, embora poucos estejam realmente disponíveis para ajudar financeiramente. Mas os idealizadores do projeto sempre deixaram claro, desde o começo, que não desejam forçar ninguém a ajudar. A preocupação é menor com o dinheiro arrecadado, e maior com a preservação das memórias das crianças doentes e seus entes queridos.

The Gold Hope é um projeto social fenomenal baseado no amor, na solidariedade, no conhecimento e, principalmente, na esperança. Conheça algumas dessas crianças:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *