15 de março de 2019

Conheça a história de Anna Luisa, a menininha que cantou com Vitor Kley

 

Mais do que um alento nos momentos difíceis no tratamento contra o câncer, menina de 5 anos transforma a música O Sol em inspiração de vida

 

“Ô sol vê se não esquece e me ilumina! Preciso de você aqui.” Os versos da música de Vitor Kley são tocados nas rádios e cantados com frequência por fãs em todo o país, mas, na voz da pequena Anna Luisa, 5 anos, ganharam significado especial. O vídeo em que a menina divide o palco com o cantor durante alguns instantes, em uma apresentação em Brasília, fez muitos encherem os olhos de lágrimas, contagiados pela emoção da garota.
Além de se encontrar com o cantor no show, Anna Luisa recebeu Vitor, recentemente, na própria casa. O encontro foi promovido pela reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, e pegou a fã de surpresa. A pequena não esconde a felicidade da visita do novo amigo e faz questão de listar as músicas que cantou com ele. “A gente cantou Adrenalizou, O Sol e Morena”, cita.
O pai de Anna, Péricles Alcântara, 30, conta que a família ainda mantém contato com a produção do cantor. “A gente troca vídeos. Ele faz alguns para ela”, comenta. As cenas de Anna com o irmão Davi, 7, em cima do palco, ao lado de Vitor Kley, viralizou na internet.
@verrieverriproducoes

A menina e o irmão subiram ao palco com o cantor Vitor Kley para cantar a música preferida (foto: @verrieverriproducoes)

Fernanda Campos, 34, mãe de Anna, lembra que logo após o show alguns amigos da família postaram as imagens nas redes sociais, porém ela achava que ficaria só por ali. “Começou com todo mundo publicando, postando e comentando. A gente ficou muito feliz, pois a Anna Luisa está passando uma mensagem muito bonita para as pessoas”, destaca. “As crianças do hospital queriam tirar foto com ela. Agora ela é luta, é esperança, é o sol de muita gente”, complementa o pai.

O encontro com Vitor no show foi uma iniciativa de Péricles. Ao saber que Vitor Kley ia fazer um show em Brasília, ele fez uma postagem nas redes sociais e marcou a produção do evento e o cantor. A empresa logo entrou em contato e realizou o sonho da menina. “Ela ficou muito ansiosa desde o começo. Acordou às 6h no dia do show”, diz a mãe.

Um verdadeiro sol

(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

Anna nasceu mesmo para brilhar. Em casa, o Sol está nas paredes da sala, no nome do cachorro, mas, principalmente, na vida da menina que ilumina todos ao redor. Para os pais, ela é sinônimo de força, fé e alegria.

Quem a vê correndo atrás do cachorro, fazendo curativo nele igual o do braço dela, nem imagina os grandes problemas que a pequena enfrentou. Se o vídeo da garota com Vitor Kley emociona, a história dela faz o coração bater mais forte ainda. A família descobriu que Anna estava com um tumor no cérebro em maio do ano passado, após fortes dores de cabeça e vômitos.
À época, ela teve que passar por uma cirurgia delicada e urgente. No procedimento, foi retirada grande parte do tumor. Depois, foram 30 sessões de radioterapia e quimioterapia. Foi nesse momento que a música O Sol passou a ter um significado especial na vida de Anna Luisa. “A gente colocava a música no aparelho de som, mas, na maioria das vezes, a gente cantarolava para ela saber que estávamos ali, longe, mas perto ao mesmo tempo”, lembra a mãe.
“A música foi um dos pilares de sustentação da Anna. Você mudar o astral de uma menina que está indo fazer um procedimento doloroso, chato e cansativo é difícil”, diz o pai. Mesmo após tantas entrevistas, Fernanda e Péricles ainda buscam palavras para tentar explicar a importância da canção para eles. Os pais contam que Anna fazia as sessões sem sedação e a canção era uma das formas que eles encontraram para acalmar a garota.
A menina está na fase final do tratamento da doença, previsto para terminar no próximo mês. Se antes as idas ao hospital dominavam a agenda, agora a escola ganha espaço. O plano é retomar as aulas no próximo semestre, algo que terá que ser feito aos poucos, dentro das condições da pequena.
Os pais destacam que um dos remédios mais importantes que Anna recebeu foi o amor. A família não deixa de destacar todos os profissionais e amigos que a acompanham nessa trajetória. Ela sempre contou com apoio de todos, inclusive do irmão, Davi, um grande parceiro. E retribui em forma de carinho.
Juliana Andrade – Especial para o Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *