13 de maio de 2019

Força de mãe: mulheres relatam lutas para apoiar filhos com câncer durante tratamentos

Rose Brito e Aline Basso contam sobre desafios durante períodos de atendimento no Centro Infantil Boldrini, em Campinas (SP), e a perseverança de verem as crianças livres das doenças.

Por EPTV

 


Mães lutam ao lado dos filhos contra o câncer em Campinas
Fonte: Jornal da EPTV 1ª Edição – São Carlos/Araraquara
Mães lutam ao lado dos filhos contra o câncer em Campinas

Mães lutam ao lado dos filhos contra o câncer em Campinas

Perseverança e amor, em meio às renúncias e medos, marcam as rotinas das mães Rose Brito e Aline Basso, em Campinas (SP). Os filhos delas foram diagnosticados com câncer e as duas relatam como são as lutas para apoiar as crianças durante os tratamentos no Centro Infantil Boldrini.

‘Força em dose dupla’

Rose é mãe de Suelen e Larissa, o que exige uma “força em dose dupla”. A primeira teve a doença identificada em uma das virilhas antes de completar 2 anos. Depois disso, tratou e ficou bem.

Já Larissa teve tumores descobertos na cabeça e nas costas. Enquanto tentava assimilar o desafio, a mãe também foi comunicada que a doença de Suelen havia voltado em uma das pernas.

“Quando a gente recebe o diagnóstico parece que o mundo vai se abrir, mas depois que eu me tornei mãe, eu fiquei mais forte. Depois da doença delas, mais forte ainda”, ressalta a mãe

Apesar da adversidade, ela diz que em nenhum momento se sentiu desesperada por ter a certeza de que a família irá superar o drama. “Tenho muita fé em Deus que minhas filhas serão curadas.”

Rose Brito e as filhas Suelen e Larissa — Foto: Reprodução/EPTV
Rose Brito e as filhas Suelen e Larissa — Foto: Reprodução/EPTV

O período de internações, consultas médicas e exames tornou-se rotina para a família. Rose, entretanto, não abre mão do otimismo e coloca o carinho pelas filhas à frente da tristeza, inclusive no Dia das Mães, celebrado neste domingo (12). “Será de muito amor, com elas perto”, destaca.

Feriado em casa

Um pequeno cavalo de madeira é usado para brincadeiras por Aline Basso e o filho Henrique, no hospital. Os sorrisos expressam contentamento diante de resultados positivos no tratamento.

“É um tumor em cima do rim. Estava vivendo toda aquela emoção do primeiro filho, ele descobrindo o mundo e a gente descobrindo junto com ele […] De repente você recebe uma notícia dessas. Foi como se destruíssem um sonho”, relata a mãe.

Aline Basso e o filho Henrique, no Hospital Boldrini — Foto: Reprodução/EPTV

Henrique tinha três meses quando a doença foi descoberta. A mãe conta que, embora a família tenha tentado preservá-la, foi o alicerce de todos e manteve foco no desenvolvimento do filho durante o tratamento quimioterápico. Ele ainda passará por uma cirurgia, mas respondeu tão bem aos procedimentos feitos que teve “alta temporária” e vai passar o Dia das Mães em casa.

“Cada dia que eu olhava para ele, minha força triplicava. Não tem como você perder as forças. É só lutar dia após dia e ter a certeza da vitória através da nossa fé”, destaca Aline.

Ela diz que ficaria feliz de estar com bebê em qualquer lugar, mas, em casa, avalia como especial.

“Maternidade é um mundo lindo e mágico. Só quem é mãe pode saber quanto é especial.”

2 Comentários em “Força de mãe: mulheres relatam lutas para apoiar filhos com câncer durante tratamentos

Suenia Santos
13 de maio de 2019 em 16:36

Força para essas duas guerreiras, ser mãe já é um grande presente, mas ser mãe de criança com câncer significa que você foi escolhida a dedo por Deus e se ele confiou esse grande desafio a vocês é porque sabe que o amor pelo os filhos é um amor restaurador, vocês são fortes, são guerreiras e vai vê vencer esta batalha, estarei orando para que o papai do céu abençoe as duas famílias e entregue a vitória da cura.

Responder
Apala
14 de maio de 2019 em 07:59

Verdade, Suenia! Obrigada pelo seu carinho conosco. <3

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *